Lilypad, a cidade dos eco-refugiados.

Imagens ilustrativas de Lilypad, a cidade flutuante do futuro.


Prevendo o aumento do nível dos oceanos causado pelo aquecimento global, o arquiteto belga Vincent Callebaut imaginou uma nova concepção urbana para abrigar os futuros refugiados dessas alterações climáticas.

A Lilypad é um novo conceito de cidade inspirada nas casas flutuantes holandesas, mas projetada para abrigar cerca de cinqüenta mil pessoas e ser auto-suficiente através de uma série de tecnologias (solar, eólica, marés, biomassa), produzindo não só a própria energia, mas também sendo capaz de processar o CO2 na atmosfera.

Porém não é preciso se apressar para garantir uma vaga nesse luxuoso retiro, o arquiteto acredita que Lylipad só seja uma realidade a partir de 2100 e mesmo sendo apenas uma fantasia, não deixa de ser uma inspiração para que outras pessoas apresentem soluções reais para os problemas que virão com as mudanças do clima.

Fucei no Gizmodo.

2 comentários:

dãni disse...

olá Gambááááá!!!

ahá, gostei desse projeto de cidade!
bêmmmm bacana né?!

:x

to passando rapidinho pra dar um alô, e pra avisar que tá tudoo bem por aqui!

beijo beijooo :**

Gambá disse...

Olá Dani..........
Que bom que voce apareceu...
Nós te amamaos....
Beijos da Família....