As 20 Maiores Mancadas das Gravadoras Americanas.

X

A revista americana Blender Magazine, publicou uma reportagem listando os 20 maiores erros da indústria fonográfica americana e alguns deles estou publicando aqui.

1º - RIAA X Napster.
Em primeiro lugar está o processo que RIAA (Recording Industry Association Of America), organização que congrega praticamente todas as gravadoras dos EUA moveu contra a Napster de Shawn Fanning. Esse foi o maior tiro no pé que a indústria da música cometeu, pois ao recusar a oferta da Naspter para se associar, deixou de ganhar bilhões de dólares e não conseguiu acabar com a troca de músicas pela internet, pois os usuários migraram para outros sistemas e continuam compartilhando arquivos. Estima-se que essa troca de arquivo chegue a 1 bilhão por mês no mundo todo. A mancada da RIAA foi não perceber que o público fez sua escolha e continuará baixando músicas pela internet.

2º - Executivo de Gravadora rejeita os Beatles.
Dick Rowe não foi o único a rejeitar os Beatles, mas segundo Brian Epstein foi ele quem disse que "grupos com guitarra estão saindo de moda". Ele recusou a banda em 1962, após uma apresentação desastrada realizada no Cavern Club. Dick viu, fumou um cigarro e foi embora sem dizer nada.

3º - Dono da Motown vende a gravadora por uma ninharia.
Em 1988, Gordon Berry Jr. declarou que sua empresa estava trabalhando no vermelho e decidiu vende-la por 60 milhões de dólares. Preço bom? Que nada, no ano seguinte os compradores Herb Alpert e Jerry Moss venderam a companhia para a Polygram por 500 milhões de dólares.

9º - Sony BMG coloca "Rootkit" em seus CDs.
Em 2005 num esforço para combater a pirataria digital, a Sony BMG embutiu em milhões de CDs, uma cópia da proteção de software que automaticamente instalava um "rootkit" nos computadores, o que, além de impedir os consumidores de fazerem mais de três cópias de seu CD comprado legalmente, também os deixou vulneráveis a vírus e hackers. A empresa inicialmente resolveu o problema, mas depois, o Departamento de Segurança Nacional Americano obrigou o recolhimento de mais de 4 milhões de CDs. A Sony foi acusada de espionagem sobre seus clientes, foi obrigada a pagar vários milhões de dólares para liquidar ações que alegavam violações das leis spyware e práticas comerciais enganosas.

11º - Geffen Records processa Neil Young por não fazer músicas comerciais.
David Geffen processa Neil Young em três milhões de dólares por quebra de contrato por que o artista não estava compondo sucessos comerciais.

12º - Geffen Records gasta 13 milhões de dólares por um disco que nunca saiu, o Chinese Democray do Guns N 'Roses.
Essa novela todo mundo conhece. Há dez anos atrás seria um ótimo investimento em um grupo que ganhou 32 discos de platina, mas a instabilidade de Axl Rose buscando o perfeccionismo já fez com que quatro produtores abandonassem o projeto. Ninguém mais arrisca quando vai sair o CD. Como diz uma amigo meu "Enquanto isso, numa caverna em Malibu".

13º - Warner Records tem prejuízo recorde com REM.
Em 1996, a Warner Bros assinou com a banda australiana REM a um contrato de cinco álbuns no valor de 80 milhões de dólares. Ele foi o mais dispendioso da história e recorde por um dos mais baixos retornos. Era necessário vender, pelo menos, 3 milhões de cópias de todos os cinco discos para obter lucro, mas o folk-rock do grupo já não empolgava mais os consumidores.

19º - Indústria Fonográfica acaba com o disco compacto.
No início dos anos 80, a indústria da música começou a eliminação progressiva dos discos de vinil em favor dos CDs. Então, uma vez que os custos dos mesmos foram direcionados para fabricar um único CD como um álbum completo, o disco compacto foi totalmente suprimido. Mas os executivos esqueceram que foi com os discos compactos que fãs mirins começaram o hábito de comprar discos, pois com a pouca idade, eles não tinham dinheiro suficiente para gastar em álbuns. O resultado final? A Ganância para forçar o consumidor a comprar um álbum completo resultou na perda de toda uma geração de consumidores, pessoas que só podiam se dar ao luxo de comprar seus hits em discos compactos, foram informados que só poderiam comprar o disco completo. Esse fato contribuiu para o download de músicas ilegalmente.

Quer ver todas as vinte mancadas da indústria da música, clique aqui.

Fucei no Terra.

Um comentário:

Blogger disse...

I have been using AVG protection for a number of years, I would recommend this Anti virus to all of you.